Projetos

PROJETO INTERAÇÃO

O primeiro Projeto do Instituto Nelson Merola é o Projeto InterAção que será realizado em Araguari de janeiro de 2012 a janeiro 2013 em parceria com Maqnelson e John Deere enquanto empresas patrocinadoras,  o SENAI de Araguari, responsável por ministrar o Curso Aprendizagem Industrial em Mecânica de Manutenção de Máquinas Agrícolasalém da parceria com OSCIP Grupo Faz de Conta que trabalhará questões relacionadas à educação ambiental, de valores humanos, ética e cidadania.
O INSTITUTO NELSON MEROLA acredita que formação técnica profissionalizante com qualidade é potencial contribuinte para o crescimento nos campos pessoal, social e produtivo podendo facilitar a entrada dos jovens no mercado de trabalho. Conciliado à educação profissionalizante, pretende-se oferecer aos adolescentes, que repassarão aos funcionários e clientes Maqnelson- John Deere, conhecimentos e vivências com foco em educação socioambiental, colaborando para construção e exercício da cidadania e responsabilidade social em relação a si próprio, ao outro e o ambiente onde vivemos.
As aulas com o Grupo Faz de Conta serão divididas em temáticas relacionadas à Educação, Consciência Ambiental e Responsabilidade Universal. O plano de gestão ambiental na Maqnelson será direcionado e implementado pelos alunos do Projeto InterAção em conjunto  com os funcionários da Maqnelson. Dentre os temas serão explorados os principais materiais descartados na MQN: papel, óleo, madeira, pneu – em seus aspectos: conhecimento (Informação sobre as problemáticas, riscos, impactos e recursos ambientais, manejo adequado), diagnostico (relacionado à avaliação de gestão ambiental na MQN), implementação (propostas de soluções em nosso microambiente), avaliação (analise dos resultados comparado aos dados diagnósticos). Cada uma destas temáticas serão abordadas teórica e praticamente nos aspectos: consumo, produção, descarte, reutilização, reciclagem.

Sendo assim, o Projeto InterAção atuará nos aspectos de educação profissionalizante, de valores humanos, cidadania e educação ambiental, que através da parceria com SENAI e Oscip Grupo faz de Conta que pretende beneficiar os jovens participantes do Projeto, assim como o plano de gestão ambiental da Maqnelson, seus funcionários e eventualmente clientes.

Os Responsáveis e suas Competências - Projeto InterAção:

Lucia Merola – direção e supervisão do Projeto

Camila Merola – psicóloga, coordenadora geral do Projeto –responsável pelo planejamento, seleção especifica do publico alvo, acompanhamento direto do treinamento técnico e atividades de educação ambiental, valores humanos, ética e cidadania, assim como as atividades que envolverão a participação dos funcionários e clientes MQN.

Vinicio Coeli – biólogo, coordenador pedagógico – responsável pelo planejamento e participação direta da filosofia e atividades relacionadas à Educação ambiental, de valores humanos, ética e cidadania, além do desenvolvimento e apresentação de relatórios ao Instituto Nelson Merola

Angie Mendonça - artista cênica, integrante do Grupo Faz de Conta e parte da equipe de professores - responsável pelo planejamento e por ministrar os módulos relacionados à consciência e expressão corporal

PROJETOS PATROCINADOS PELA MAQNELSON ATRAVÉS DA DEDUÇÃO DE IMPOSTOS

PROJETO OLHAR DA ALMA

O Projeto Olhar da Alma é um projeto que une artes visuais, arte-educação e educação em valores humanos a favor de jovens em situação de vulnerabilidade social. Foi oferecido um Curso de Fotografia, cujas oficinas também abordaram temas sociais e ambientais de forma transdisciplinar. A capacitação técnica e artística visa contribuir para o ingresso destes jovens ao mercado de trabalho e o projeto, como um todo, amplia suas perspectivas de vida, afastando-os da violência.


Nosso principal objetivo é tornar possível um novo aprendizado e sua continuidade. Não apenas fornercer o conhecimento e a técnica, mas também o material necessário. Os alunos ganharam uma maquina fotografica e oportunidade de participar de Exposições Fotográfica enquanto artistas!


Como forma de disseminar os resultados e fomentar novas idéias, o Olhar da Alma também publicou um mini-catálogo, de distribuição gratuita, com uma seleção do material produzido pelos alunos atendidos e circular por todas as cidades onde existe a Maqnelson

Olhar da Alma - TV Integração - Julho 2012

Olhar da Alma - TV Universitária - Julho 2012


LIVRO Olhar da Alma

LIVRO Olhar da Alma! Este projeto resume-se na produção, realização e publicação de um livro de fotografia com relatos e depoimentos sobre o conhecimento adquirido ao largo dos 7 meses do curso de fotografia do Projeto Olhar da Alma.

O perceptível aprimoramento dos alunos, tanto na produção dos textos quanto das fotos, despertou nos profissionais e proponentes do Projeto, e também nos alunos, o desejo de compartilhar tal aprendizado e apresentá-lo à comunidade como um todo. Assim, surge a idéia de unir as fotos produzidas pelos alunos, que retratam seu cotidiano e os temas abordados durante as aulas, à tais relatos.



O livro do Projeto Olhar da Alma será o produto cultural final de um longo processo de aprendizado e formação humana e será, igualmente e em primeiro lugar, a contrapartida social para seus próprios autores, jovens adolescentes que vivem um dia a dia de pobreza e baixa auto-estima, e que terão, com essa publicação, a oportunidade de se ver como autores, cidadãos e agentes participativos na sociedade de Uberlândia. Acreditamos que o sentimento de não-exclusão, de fazer parte do contexto em que vivem é capaz de transformar a realidade.

Ao escrever sobre suas trajetórias de vida e relação com as imagens produzidas, o aluno pode desenvolver sua consciência social e pessoal, além de sua auto-estima, pois desenvolvem a consciência de que sua vida é tão significativa e importante como a de qualquer outro cidadão, mesmo que sejam historicamente marginalizados.



Desta forma, a contribuição será não somente para os jovens e professores que participam do projeto, mas para toda a sociedade uberlandense, uma vez haverá uma participação maior efetividade desta população, criando perspectivas de que continuem os estudos com maior dedicação e avancem mais etapas da vida acadêmica, tornando-se profissionais participativos na cidade.

Acreditamos que a escrita desenvolve, também, o sentimento de cidadania, fazendo com que esses jovens se sintam efetivamente incluídos na sociedade e que dediquem maior esforço aos seus estudos, trabalho e participação política, formando jovens conscientes e que se sintam efetivamente parte da sociedade.



Unindo as histórias às fotos já produzidas, é possível sensibilizar mais profundamente a população, fazendo com que conheçam esses jovens além dos estereótipos e preconceitos tão enraizado na nossa sociedade, que os vê como jovens problemáticos e improdutivos. Além disso, o projeto servirá de exemplo para outras comunidades socialmente vulneráveis e para os jovens de toda a cidade.

O CIRCO ESTÁ NAS RUAS!

O projeto “Que bom que você veio” é uma ação cênico-circense solo, que reúne teatro e circo por meio da imagem dos palhaços - ou clowns. O espetáculo, idealizado pela atriz Roseli Maria Battistella, é uma produção itinerante que circula por 25 cidades nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Maranhão. A apresentação é totalmente gratuita e é realizada nas ruas da cidade, em praças ou locais alternativos. Com indicação para todas as faixas etárias, o projeto pretende resgatar a arte itinerante, proveniente dos circos e pequenos teatros de antigamente.
Por meio de improvisações, a prática é construída a partir de processos dramatúrgicos modelados entre o diretor e a atriz, abordando temas como respeito, amor, auto estima e identidade, que são apresentados de forma simples e leve ao longo do show. Dessa forma, resgata-se a grande empatia que a performance de palhaços provoca no público, seja de qualquer gênero ou idade.     O espetáculo pode ser acompanhado pelas redes sociais, em que as pessoas podem descobrir onde está acontecendo apresentações e conhecer melhor os aspectos e características de cada comunidade por meio de depoimentos e imagens dos shows.
A pesquisadora e atriz Roseli Battistella procura ultrapassar os limites da arte em cada novo projeto que produz. Ela acredita que para o papel de palhaço, é essencial sempre estar à frente para manter-se conectado e não ficar acomodado em um único tipo de interpretação. A singularidade da ação, a democratização da arte e a responsabilidade artística são os pilares desde que começou sua trajetória de atriz. Roseli também é fundadora do grupo Anjos da Alegria em Uberlândia, que há mais de 12 anos trabalha com a arte clown dentro de ambientes hospitalares e em espaços tradicionais de teatro. O grupo promove a arte na cidade e foi responsável por propiciar o surgimento de diversos outros grupos de teatro.




PROJETO FEITO BARRO NOSSA ARTE!!
Durante 2014 e 2015 a MAQNELSON patrocina este projeto através da dedução de impostos - lei Rouanet. 
Feito Barro Nossa Arte é um projeto cultural comunitário que acontece na Vila Barroló, região rural aos arredores de Uberaba-MG, comunidade de artesãos ceramistas composta por cerca de trinta pessoas. Este projeto visa oferecer condições para construção de recursos mantenedores desta atividade artística e sua valorização a nível nacional e internacional. Como produto final, FEITO BARRO NOSSA ARTE, produzirá um livro de arte com texto inédito e ilustrações fotográficas, cujo lançamento acontecerá em varias cidades brasileiras, juntamente com exposições das obras de arte produzidas durante o processo de execução do projeto e suas fotografias, compondo ricos eventos culturais e vernissages interativas aberto a comunidade.

*PRECISAMOS DE NOVOS PATROCINADORES PARA ESTE PROJETO!! 



Um comentário:

  1. O INSTITUTO NELSON MEROLA pode contar com a gente neste projeto InterAçao ....

    ResponderExcluir